Estratégia e aplicação da IoT: Gerando uma base para a execução da IoT

4 minute read

Os próximos anos são promissores para o segmento de Internet das Coisas (IoT) que, apesar do crescimento iminente, ainda detém o estigma de sua complexidade enquanto serviço - dado o vasto leque de aplicações que em que a IoT pode estar inserida. Por isso é tão importante que as empresas realizem uma avaliação abrangente de como a IoT deve ser endereçada em cada caso e, a partir daí, traçar a estratégia desde as melhores soluções até a aplicação da IoT propriamente dita. Para ajudar você nesta jornada, o presidente e CEO da KORE, Romil Bahl, fornece, neste post, insights extraídos de toda sua experiência e que podem ser usados para encurtar o caminho da IoT rumo ao sucesso.

Estratégia em primeiro lugar

Uma estratégia de IoT deve ser direcionada, em primeiro lugar, à estratégia principal diretamente ligada aos negócios. Todas as metas mais importantes da empresa precisam ser identificadas para que a IoT ajude nos resultados - desde uma melhor experiência do cliente e geração de receita, até custos reduzidos e outras eficiências internas. Cada iniciativa em que a IoT deve estar presente deve começar com a identificação dos processos de negócios, permitindo, assim, que a empresa compreenda onde e como esses processos operam, os sistemas de back-end que precisam ser integrados a eles etc. Esse entendimento inicial estabelece as bases para as inúmeras decisões que se seguem a partir daí, junto aos elementos mais importantes da implementação, conforme lista abaixo:

  • Requisitos de segurança - É fundamental projetar e construir sua solução tendo a segurança como prioridade máxima. O nível de protocolos de segurança necessários é diretamente proporcional à importância e sensibilidade dos dados e sistemas que a solução está acessando, e as melhores práticas devem ter a segurança “projetada” e atualizada em todas as camadas da solução de IoT.
  • Arquitetura de rede IoT - Há uma infinidade de opções de tecnologia de rede disponíveis para conectar soluções IoT, e cada opção tem recursos muito específicos relacionados a alcance, largura de banda, taxa de transferência, segurança, escalabilidade, suporte de mobilidade e custo. Examine de perto essas tecnologias para determinar a solução ideal para dar suporte aos resultados desejados de seu projeto de IoT.
  • Requisitos do dispositivo IoT - Ao selecionar dispositivos IoT, primeiro decida se você vai desenvolver equipamentos proprietários internamente ou se um dispositivo pronto para uso atenderá a demanda. Certifique-se de selecionar o dispositivo adequado compatível e homologado com os requisitos de rede, segurança e aplicativos desejados.
  • Estratégia de aquisição e fornecimento - O ecossistema de IoT é altamente complexo, com inúmeros fornecedores oferecendo várias soluções, componentes, sistemas e serviços de ponto único necessários para implantar uma única solução. Considere todas as opções viáveis, levando em conta a demanda, o gerenciamento de pedidos e o gerenciamento de estoque com a finalidade de garantir estes recursos sempre que necessário.
  • Soluções de testes - Os programas piloto permitem que as empresas entendam melhor onde e como os processos acontecem, a quais sistemas back-end eles estão integrados e também como projetar requisitos de segurança críticos. Os principais aprendizados de programas piloto podem orientar muitas das decisões estratégicas que se seguem ao longo de uma implantação maior, aumentando as chances de sucesso a longo prazo.
  • Estabelecendo processos - Projetos de IoT geralmente exigem colaboração de equipes multifuncionais. Determine quais processos serão tratados internamente, o que exigirá assistência externa e como essas equipes internas e externas trabalharão juntas. Devido aos recursos e experiência significativos exigidos para implantações de IoT, muitas vezes é recomendado contratar um parceiro de IoT confiável que possa oferecer suporte e complementar as equipes internas.
  • Estabelecendo o direcionamento - O direcionamento de qualquer departamento de IoT se concentra no ciclo de vida dos dispositivos de IoT, dados gerenciados pela solução de IoT e aplicativos de IoT. Definir a direção de IoT na fase de estratégia garante que os conceitos e princípios da arquitetura distribuída da solução atendam às metas de negócios.
  • Estabelecendo e monitorando métricas (KPIs) – As KPIs para aplicativos e projetos de IoT devem avaliar o impacto comercial da solução que você está lançando no mercado. O estabelecimento de linhas de base e benchmarks no início do processo garante que todos os envolvidos acompanhem a evolução do negócio.

Não existe uma estratégia única que possa ser aplicada em todos os setores e aplicações exclusivas. No entanto, promover a colaboração, garantir a melhor segurança e escolher a combinação de tecnologia ideal fornece a base necessária para o sucesso de IoT. Além disso, se juntar a um parceiro com conhecimento e experiência em IoT, alcance global, soluções direcionadas e a agilidade de implantação, acelera a curva de aprendizado e os resultados.

Topic(s): Estratégia de IoT

U3GM Blog Post Comments

Assine aqui!

Stay up to date on all things IoT by signing up for email notifications.